Projeto Plantando Esperança cresce com novas parcerias e iniciativas voluntárias

 22 de agosto de 2019 -  0 Comentário


Sabe aquela alegria de receber surpresas boas? Então, dentro do Projeto Plantando Esperança contamos com várias nos últimos meses! O que fez crescer o número de adolescentes e jovens atendidos. Além de fortalecer cada vez mais nossas parcerias. Alimentando canais de criatividade, solidariedade e transformação.

EIC – A Escola de Informática e Comunicação Jardim das Américas e a Elo, formaram juntas duas turmas do Projeto Plantando Esperança. A parceria agrega ainda mais conhecimento aos alunos, que neste formato, contam com 60 horas voltadas ao aprendizado na área de informática. Além de uma série de incentivos que os auxiliam a buscar cada vez mais o conhecimento e a mudança.

RH Nossa – O Projeto Plantando Esperança é resultado de parcerias e voluntariado, o que nem sempre possibilita que muitas turmas sejam abertas. Para a alegria de toda nossa equipe e aliados, a RH NOSSA, uma das investidoras sociais da Elo, organizou em Curitiba a palestra Campeões deixam pistas, com a destinação de todos os recursos arrecadados com a venda dos ingressos, para a formação mais turmas do Plantando Esperança.

O palestrante, Evandro Mota, abraçou o convite da RH NOSSA e assim como a Kawaganga Studio e a Fiep, se voluntariou, em ceder, respectivamente, seus serviços e o espaço da palestra, que aconteceu no dia 26 de julho, no Campus da Indústria da Fiep, no Jardim Botânico, em Curitiba.

Playing for Change – A parceria com a Fundação Playing for Change Brasil, iniciou em agosto e conta com uma turma do Projeto Plantando Esperança na sede da Fundação, aqui em Curitiba, no bairro Cajuru. Lá, além dos módulos do Plantando Esperança, os participantes contam com aulas de inglês, música e teatro. Com lanche, muito acolhimento, conhecimento e criatividade, os participantes se reúnem 2 vezes por semana, para juntos aprenderem a superar desafios, sonhar e realizar.

Está parceria está sendo muito rica, pois está atuando sobre uma das quais seriam nossa maior “dor”. Como fechar o ciclo com nossos adolescentes? Acho que hoje é uma das questões que mais preocupam as ONGs que trabalham com crianças“, Gestora da Escola.

PWC Brasil – A empresa, que atua prestando serviços de consultoria e auditoria em todo do Brasil, aliada a Elo, possibilita a realização de mais uma turma do Plantando Esperança. Com a parceria da PWC Brasil iniciou em agosto mais uma turma do projeto, onde as aulas são  ministradas por funcionários da PWC Brasil que se voluntariam ao trabalho. O lanche dos 25 adolescentes e jovens participantes também é doado pela empresa, fortificando cada vez mais uma rede de apoio e responsabilidade com as novas gerações.